RÁDIO MENSAGEIRA DA PAZ: TODOS OS DIAS DAS 07:30 ÁS 00:00

Pesquisa

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

1 de janeiro - SANTA MARIA MÃE DE DEUS

SANTA MARIA MÃE DE DEUS
 
Solenidade de Santa María, Mãe de Deus

A Solenidade da Santa Maria Mãe de Deus é a primeira Festa Mariana que apareceu na Igreja Ocidental, sua celebração se começou a dar em Roma para o século VI, provavelmente junto com a dedicação –em 1º de janeiro– do templo “Santa Maria Antiga” no Foro Romano, uma das primeiras Iglesias marianas de Roma.

A antigüidade da celebração Mariana se constata nas pinturas com o nome de Maria, Mãe de Deus” (Theotókos) que foram encontradas nas Catacumbas ou antiqüíssimos subterrâneos que estão cavados debaixo da cidade de Roma, onde se reuniam os primeiros cristãos para celebrar a Missa em tempos das perseguições.

Mais adiante, o rito romano celebrava em 1º de janeiro a oitava de Natal, comemorando a circuncisão do Menino Jesus. 


Depois de desaparecer a antiga festa Mariana, em 1931, o Papa Pio XI, com ocasião do XV centenário do concílio de Éfeso (431), instituiu a Festa Mariana para em 11 de outubro, em lembrança deste Concílio, onde se proclamou solenemente Santa Maria como verdadeira Mãe de Cristo, que é verdadeiro Filho de Deus; mas na última reforma do calendário –após o Concílio Vaticano II– se transladou a festa para 1º de janeiro, com a máxima categoria litúrgica, de solenidade, e com título da Santa Maria, Mãe de Deus.

Desta maneira, esta Festa Mariana encontra um marco litúrgico mais adequado no tempo do Natal do Senhor; e ao mesmo tempo, todos os católicos começam o ano pedindo o amparo da Santíssima Virgem Maria.


O Concílio de Éfeso

No ano de 431, o herege Nestorio se atreveu a dizer que Maria não era Mãe de Deus, afirmando: 
“Então Deus tem uma mãe? Pois então não condenemos a mitologia grega, que lhes atribui uma mãe aos deuses”. 


Ante isso, reuniram-se os 200 bispos do mundo em Éfeso –a cidade onde a Santíssima Virgem passou seus últimos anos– e iluminados pelo Espírito Santo declararam: 

“A Virgem Maria sim é Mãe de Deus porque seu Filho, Cristo, é Deus”. 

E acompanhados por toda a multidão da cidade que os rodeava levando tochas acesas, fizeram uma grande procissão cantando: 

"Santa Maria, Mãe de Deus, roga por nós pecadores agora e na hora de nossa morte. Amém".

Do mesmo modo, São Cirilo da Alexandria ressaltou:

“Será dito: a Virgem é mãe da divindade?

A isso respondemos: o Verbo vivente, subsistente, foi engendrado pela mesma substância de Deus Pai, existe desde toda a eternidade... Mas no tempo ele se fez carne, por isso se pode dizer que nasceu de mulher”.

Mãe do Menino Deus
"Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo sua palavra"


É desde esse Fiat, faça-se que Santa Maria respondeu firme e amorosamente ao Plano de Deus; graças a sua entrega generosa Deus mesmo se pôde encarnar para nos trazer a Reconciliação, que nos libera das feridas do pecado.

A donzela de Nazaré, a cheia de graça, ao assumir em seu ventre ao Menino Jesus, a Segunda Pessoa da Trindade, converte-se na Mãe de Deus, dando tudo de si para seu Filho; vemos porque tudo nela aponta a seu Filho Jesus.

É por isso, que Maria é modelo para todo cristão que busca dia a dia alcançar sua santificação. Em nossa Mãe Santa Maria encontramos a guia segura que nos introduz na vida do Senhor Jesus, nos ajudando a nos conformar com Ele e poder dizer como o Apóstolo “vivo eu mais não eu, é Cristo quem vive em mim”.

Provas da Santa Escritura

Para iluminar com um raio divino esta verdade tão bela e fundamental, recorramos à Sagrada Escritura, mostrando como ali tudo proclama este título da Virgem Imaculada.

Maria é verdadeiramente Mãe de Deus.

Ela gerou um homem hipostaticamente unido à divindade; Deus nasceu verdadeiramente dela, revestido de um corpo mortal, formado do seu virginal e puríssimo sangue.

Embora, no Evangelho, Ela não seja chamada expressamente "Mãe de Cristo" ou "Mãe de Deus", esta dignidade deduz-se, com todo o rigor, do texto sagrado.

O Arcanjo Gabriel, dizendo à Maria: "O santo que há de nascer de ti será chamado Filho de Deus" (Lc 1, 35), exprime claramente que ela será Mãe de Deus.

O Arcanjo diz que o Santo que nascerá de Maria será chamado o Filho de Deus. Se o Filho de Maria é o Filho de Deus, é absolutamente certo que Maria é a Mãe de Deus.

Repleta do Espírito Santo, Santa Isabel exclama: "Donde me vem a dita que a Mãe de meu Senhor venha visitar-me?" (Lc 1, 43).

Que quer dizer isso senão que Maria é a Mãe de Deus? Mãe do Senhor ou "Mãe de Deus" são expressões idênticas.
S. Paulo diz que Deus enviou seu Filho, feito da mulher, feito sob a lei (Galat. 4, 4).

O profeta Isaías predisse que a Virgem conceberia e daria à luz um Filho que seria chamado Emanuel ou Deus conosco (Is 7, 14). Qual é este Deus? É necessariamente Aquele que, segundo o testemunho de S. Pedro, não é nem Jeremias, nem Elias, nem qualquer outro profeta, mas, sim, o Cristo, o Filho de Deus vivo.

É aquele que, conforme a confissão dos demônios, é: o Santo de Deus.

Tal é o Cristo que Maria deu à luz.

Ela gerou, pois, um Deus-homem. Logo, é Mãe de Deus por ser Mãe de um homem que é Deus e que, sendo Deus, Redimiu o gênero humano.

A Doutrina dos Santos Padres, a Tradição: 


Tal é a doutrina claramente expressa no Evangelho, e sempre seguida na Igreja Católica.

Os Santos Padres, desde os tempos Apostólicos até hoje, foram sempre unânimes a respeito desta questão; seria uma página sublime se pudéssemos reproduzir as numerosas sentenças que eles nos legaram.

Citemos pelo menos uns textos dos principais Apóstolos, tirados de suas "liturgias" e transmitidas por escritores dos primeiros séculos.

Santo André diz: "Maria é Mãe de Deus, resplandecente de tanta pureza, e radiante de tanta beleza, que, abaixo de Deus, é impossível imaginar maior, na terra ou no céu." (Sto Andreas Apost. in transitu B. V., apud Amad.).


São João diz: "Maria é verdadeiramente Mãe de Deus, pois concebeu e gerou um verdadeiro Deus, deu à luz, não um simples homem como as outras mães, mas Deus unido à carne humana." (S. João Apost. Ibid).

S. Tiago: "Maria é a Santíssima, a Imaculada, a gloriosíssima Mãe de Deus" (S. Jac. in Liturgia).

S. Dionísio Areopagita: "Maria é feita Mãe de Deus, para a salvação dos infelizes." (S. Dion. in revel. S. Brigit.)

Orígenes (Sec. II) escreve: "Maria é Mãe de Deus, unigênito do Rei e criador de tudo o que existe" (Orig. Hom. I, in divers.)

Santo Atanásio diz: "Maria é Mãe de Deus, completamente intacta e impoluta." (Sto. Ath. Or. in pur. B.V.).

Santo Efrém: "Maria é Mãe de Deus sem culpa" (S. Ephre. in Thren. B.V.).

S. Jerônimo: "Maria é verdadeiramente Mãe de Deus". (S. Jerôn. in Serm. Ass. B. V.).

Santo Agostinho: "Maria é Mãe de Deus, feita pela mão de Deus". (S. Agost. in orat. ad heres.).


E assim por diante.

Todos os Santos Padres rivalizaram em amor e veneração, proclamando Maria: Santa e Imaculada Mãe de Deus.

Terminemos estas citações, que podíamos prolongar por páginas afora, pela citação do argumento com que S. Cirilo refutou Nestório:

"Maria Santíssima, diz o grande polemista, é Mãe de Cristo e Mãe de Deus. A carne de Cristo não foi primeiro concebida, depois animada, e enfim assumida pelo Verbo; mas no mesmo momento foi concebida e unida à alma do Verbo. Não houve, pois, intervalo de tempo entre o instante da Conceição da carne, que permitiria chamar Maria "Mãe de um homem", e a vinda da majestade divina. No mesmo instante a carne de Cristo foi concebida e unida à alma e ao Verbo".

Vê-se, através destas citações, que nenhuma dúvida, nenhuma hesitação existe sobre este ponto no espírito dos Santos Padres. É uma verdade Evangélica, tradicional, universal, que todos aceitam e professam.

Jacareí, 01 de janeiro de 2013 
Mensagem de Nossa Senhora comunicada ao vidente Marcos Tadeu Teixeira
Festa de Santa Maria Mãe de Deus

acessem o vídeo dest a mensagem: http://gloria.tv/?media=378985

MENSAGEM DE NOSSA SENHORA 
APARIÇÃO DE NOSSA SENHORA COM OS ANJOS JULIEL E NADIEL


“-Queridos filhos, neste novo ano que nasce Eu vos convido novamente a voltardes os vossos corações para Deus e a começardes um novo caminho de conversão. Começai um novo caminho de conversão refazendo verdadeiramente todos os vossos propósitos e votos de serdes santos, procurando de agora em diante aprofundar-vos mais na Oração, no conhecimento de Deus, de Sua palavra, de seu amor, procurando fugir sempre mais das coisas vãs do mundo e procurando agradar ao Senhor por uma vida bela, pura e perfumada de oração.

Tende uma verdadeira conversão procurando sempre mais conhecer a vontade do Senhor a vosso respeito pela oração profunda, pela meditação das Minhas Mensagens, da Sua palavra e também pela observação atenta dos acontecimentos que se dão todos os dias na vossa vida através dos quais Deus vos fala, então, assim, percorrendo sempre mais a estrada da busca de agradar ao Senhor com os vossos atos e a vossa santidade vós verdadeiramente crescereis este ano como flores belas e perfumadas para dar-Lhe honra, louvor e glória.

Eu amo a todos vocês Meus filhos e neste ano vou cada vez mais ajudar-vos a crescerdes em santidade. Sede flores dóceis nas Minhas Mãos que se deixam cultivar por Mim e que deixam que Eu verdadeiramente derrame sobre todos vós a suave água da graça de Deus que vos purifica, que vos dá vida e vigor para crescerdes sempre mais na perfeição dos Santos, na perfeição cristã.

O Meu Coração Imaculado vai seguir este ano todos os passos que derem no caminho da santidade e estará ao vosso lado em todos os momentos dos vossos sofrimentos, das vossas angústias e dores.

Durante este ano o Anjo Ceifador, o Anjo da Justiça de Deus passará por muitas nações da Terra e ai daquelas que estiverem em culpa diante do Senhor. O Anjo Ceifador também vai procurar todos aqueles que semearam a corrupção no meio das almas e ai das almas que no Livro da Justiça estiverem inscritas. Por isso Meus filhos, convertei-vos, cada um renuncie ao pecado do coração e que pratica com suas mãos, para que assim verdadeiramente vós sejais visitados pelo Anjo da Paz ao invés do Anjo da Justiça.

Se vós vos converterdes, se rezardes o Santo Rosário, as Orações que Eu vos dei todos os dias, se as famílias rezarem o Santo Rosário, então, o Anjo da Paz descerá e dará a Paz ao mundo.

Deixai os pecados do ano que passou para trás, começai hoje uma nova vida, o passado não importa mais, agora o quero de vós é AMOR, ORAÇÃO, SANTIDADE e VERDADEIRO DESEJO DE SERVIRDES A DEUS. Que cada um de vós siga as pegadas dos Santos, Deus os colocou como estrelas luminosas na noite escura do vosso tempo para que todos vós pudésseis enxergar o caminho que conduz a Ele aos Nossos Sacratíssimos Corações e assim mesmo em meio à escuridão pudessem seguir à estrada da salvação, da graça e da santidade.

Eu, tudo concederei àqueles que Me pedirem por intercessão dos Meus Santos e que estiverem verdadeiramente esforçando-se por seguir os seus exemplos.

A todos neste momento abençoo com amor, especialmente a ti Marcos, o mais esforçado dos Meus filhos, abençoo os Meus Escravos de Amor que Aqui Me doaram toda a sua vida ao longo de todo o ano que passou e nos anos anteriores e que são a pupila dos Meus Olhos. E abençoo a todos vós Meus filhos, que vos esforçais em seguir fielmente o exemplo dos Santos e cumprir Minhas Mensagens.

Abençoo-vos de LA SALETTE, de LOURDES e de JACAREÍ. A Paz filhos Meus, a Paz Marcos, amo-te muito.”


SANTA MARIA , MÃE DE DEUS,
ROGAI POR NÓS PECADORES
AGORA E NA HORA DE NOSSA MORTE.
AMÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...